NÍVEIS DE ATIVIDADE FÍSICA EM CLIENTES DE GINÁSIOS DA REGIÃO CENTRO DE PORTUGAL

P. Cordeiro, A. Nunes, E. Oliveira, F. Mendes, A. Figueiredo

Resumen


A  World Health Organization, (2010) considera absolutamente decisivo a prática da Atividade Física, considerando-a um determinante chave no controlo do peso, na redução do risco de doenças cardíacas, diabetes, hipertensão, de algumas formas de cancro e consequências psicossociais da obesidade. Com a idade, os NAF tendem a decrescer e são mais baixos entre as mulheres (Gordia, 2010).
Objetivo: Caracterizar os Níveis de Atividade Física (NAF) percebidos por sujeitos que frequentam ginásios/health clubs na região Centro de Portugal, contrastando-os em função de variáveis sociodemográficas.


Palabras clave


Atividade Física; ginásios/health clubs

Texto completo:

PDF


 

E-Balonmano.com: Revista de Ciencias del Deporte

Mail: ebm.recide@gmail.com

ISSN: 1885-7019 / Periodicidad Cuatrimestral

 

Indexada en:

EMERGING SOURCES CITATION INDEX (WOS), DICE, INRECS, MIAR, RESH,  CIRC, LATINDEX (36 criterios), ISOC, REDALYC, DIALNET, E-REVISTAS, RECOLECTA, DULCINEA,  Index COPERNICUS, DOAJ, GOOGLE ACADÉMICO, FREE MEDICAL JOURNAL, EBSCO: SportDiscus, Academic Journal Database, Fuente Académica Premier, GENAMICS - JournalSeek

Licencia de Creative Commons

Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.