RELAÇÃO ENTRE COMPOSIÇÃO CORPORAL, FORÇA DOS MEMBROS INFERIORES E UM TESTE TÉCNICO ESPECÍFICO NO FUTEBOL DE FORMAÇÃO

Pedro Gomes, Gonçalo Fernandes, Irina Carvalho, Diogo Nora, Carlos Palinhos, Ana Pereira, Paulo Nunes, Teresa Figueiredo, Mário Espada

Resumen


O futebol é um dos desportos mais populares a nível mundial e de forma comum apontado como o Desporto Rei a nível europeu. Tem evoluído ao longo dos anos e a exigência sobre os jogadores é cada vez maior ao nível por exemplo do processo de treino e número de jogos a disputar por época desportiva. O futebol é caracterizado por ações motoras intermitentes de curta duração e alta intensidade, alternadas com períodos de ações motoras de maior duração e menor intensidade (Anastasiadis et al., 2007). Foi observado no passado que ao longo do jogo são realizadas aproximadamente 50 mudanças de direção, que, por sua vez, exigem contrações musculares vigorosas para a manutenção do equilíbrio e controle da bola (Withers, 1982).
Objetivo: Determinar a relação entre composição corporal, força dos membros inferiores e um teste técnico específico (TTE) no futebol.


Palabras clave


composição corporal; força; membros inferiores

Texto completo:

PDF


 

E-Balonmano.com: Revista de Ciencias del Deporte

Mail: ebm.recide@gmail.com

ISSN: 1885-7019 / Periodicidad Cuatrimestral

 

Indexada en:

EMERGING SOURCES CITATION INDEX (WOS), DICE, INRECS, MIAR, RESH,  CIRC, LATINDEX (36 criterios), ISOC, REDALYC, DIALNET, E-REVISTAS, RECOLECTA, DULCINEA,  Index COPERNICUS, DOAJ, GOOGLE ACADÉMICO, FREE MEDICAL JOURNAL, EBSCO: SportDiscus, Academic Journal Database, Fuente Académica Premier, GENAMICS - JournalSeek

Licencia de Creative Commons

Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.